Textos

A pessoa que eu gosto

image

Imagem: Pinterest

Antes da aparência eu me apaixono pela essência. Por pessoas que são bonitas por dentro, no caráter e na personalidade. Eu gosto quando a química acontece na troca de olhares, em sorrisos sinceros e em uma boa conversa. Comigo só funciona mesmo se for olho no olho, antes de ser pele na pele. Gosto de quem me toca o coração. De quem se expõe e se entrega sem rodeios. De gente que não segura o riso, nem o choro. De quem desnuda a alma sem vergonha, sem cerimônia.

Eu gosto de quem se faz sol, poesia e até caos. De quem abraça apertado e não sabe ser pouco. De quem se expande e se faz mais. De quem não se poda, não se corta, não se faz metade de ninguém. Eu gosto de quem é inteiro por conta própria.

Tenho uma queda enorme por pessoas diretas e sinceras consigo mesmas. De quem solta uma gargalhada fora da hora, se assim desejar. De quem chora sem ter vergonha e se faz sentimento. De todo mundo que se joga de cabeça no novo sem medo, sem receio.

Assim como todo mundo também gosto do aconchego, do calor da lareira e de dias amenos. Mas preciso confessar: adoro temporal. Prefiro o vento uivante. Daqueles que balançam as janelas, as cortinas, a casa e a vida. Prefiro a chuva forte, intensa. Daquelas que desabam no mundo com toda a força possível, limpando a alma e o coração. Eu gosto de quem sabe ser brisa, mas que se necessário também sabe ser furacão.

Eu gosto de pessoas que, assim como eu, transbordam por todos os lados.

0 Comments

  1. Com tantas decepções que passamos no começo fica um pouco difícil de se jogar de cabeça no novo, mas se encontramos uma pessoa que esteja aberta para fazer isso também fica bem mais fácil. É só dar as mãos e se jogarem juntos, porque quando estamos com alguém o medo some. Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *